.mais sobre mim

Envia-me um e-mail

.pesquisar

 

.posts recentes

. A FESTA NA FLORESTA

. As Aventuras do Verdinho ...

. Vamos construir um ninho!

. O LINCE TOBIAS

. Jogo

. O Piquenique

. Jogo: A Serpente

. O JARDIM AZUL

. Proteger a Natureza

.arquivos

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

|ESPAÇO CRIANÇA| |DICAS VERDES| |DIAS AMBIENTAIS| |ANIMAIS|

|PLANTAS| |AMBIENTE| |HISTÓRIAS E JOGOS| |SONDAGENS|
Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

A FESTA NA FLORESTA

publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 10:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 9 de Abril de 2009

As Aventuras do Verdinho - O Planeta Verde

Olá amiguinhos!

 
Já conheces o meu livro - "As Aventuras do Verdinho - O Planeta Verde"?
 
É um livro muito bonito para que nunca te esqueças de proteger e conservar o ambiente.
 
Nesta aventura o Rui e a Sara seguem-me e descobrem a porta mágica do Planeta Verde. Coisas terríveis acontecem no Planeta Verde, o Rui e a Sara são levados ao tribunal verde. Queres saber o que o tribunal decide? E quem andar a fazer maldades ao Planeta Verde?
 
Então, lê este livro.
 
Verdinho
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 18:01
link do post | comentar | favorito

Vamos construir um ninho!

Olá Amiguinhos!

 
Como já se aperceberam a Primavera já chegou. E com ela veio o sol, os campos verdes e repletos de flores. Os passarinhos fazem os seus ninhos nesta época…
 
Tive uma ideia! Vamos cuidar das aves e ajudá-las a cuidar dos seus filhotes : )
 
Mas como vamos fazer isso? Deixa-me pensar… Deixa-me pensar… Já sei!
 
Vamos construir os ninhos e colocá-los nas árvores dos nossos jardins. Assim os passarinhos podem cuidar e proteger os seus filhotes.
 
Mas sozinhos não vão conseguir, por isso peçam ajuda aos vossos pais. Eu vou dizer ao meu pai para me ajudar!
 
Vamos então começar. Para construírem o vosso ninho artificial, necessitam de:
 
- Uma tábua de madeira lisa com cerca de 133 cm de comprimento, 15 cm de largura e 1,5 cm de espessura;
- Pregos de espessura adequada, martelo e serrote;
- Borracha de câmara-de-ar velha (para a dobradiça da tampa).
 
Digam aos vossos pais para fazer os cortes nas tábuas, fazer a montagem do ninho e pregar com os pregos para as tábuas ficarem unidas e seguras. Não se esqueçam de deixar uma abertura redonda com diâmetro suficiente para que os passarinhos possam entrar e sair do ninho sem se magoarem.
 
Uma sugestão muito gira: Coloquem o vosso nome no ninho e a data da sua colocação na árvore.
 
Agora que o ninho já está construído, já podem escolher uma árvore no vosso jardim ou próxima da vossa casa e colocar lá o ninho. Peçam aos vossos pais para subir à árvore e colocar lá o ninho.
 
Agora um conselho muito importante: devem colocar o ninho longe do alcance de possíveis predadores dos passarinhos (como por exemplo as cobras).
 
Verdinho
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 17:38
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Abril de 2009

O LINCE TOBIAS

 

Era uma vez um lince que vivia na floresta.

Todas as noites ele corria. Corria. Corria.
Ele andava à procura de uma família.
Certo dia, encontrou uma mãe Águia com os seus filhotes.
- Olá! Eu não tenho família. Posso viver convosco? – perguntou o lince Tobias.
- Sim – respondeu a mãe águia.
O lince brincava com a sua nova família. Mas um dia, os filhotes da águia voaram para longe. O lince também queria voar e ir ter com eles. Subiu a uma árvore e atirou-se.
- Estou a voar – disse o lince Tobias.
- Pum! Pum!
O lince caiu no chão. Resolveu procurar uma nova família.
Certo dia, encontrou num lago três rãs.
- Olá! Eu não tenho família. Posso viver convosco? – perguntou o lince Tobias.
- Sim – responderam as rãs.
As rãs saltavam. Saltavam. O lince queria ir com elas.
 - Pum! Pum!
O lince caiu no rio. Resolveu procurar uma nova família.
Certo dia, encontrou numa quinta um gato.
- Uhmm! Tu és parecido comigo. Serás tu um lince? – perguntou o Tobias.
- Miau! Eu gosto de trepar os cortinados. Gosto de andar atrás das borboletas. E também gosto de comer ratos – disse o gato.
- Uhhh! Se calhar és um lince, como eu. Posso viver contigo?
- Sim – disse o gato.
O gato trepava um cortinado. O lince queria ir atrás dele.
- Pum! Pum!
O lince caiu no chão. Ele era tão pesado que o cortinado ficou todo rasgado. Depois veio a dona do gato e correu com o lince à vassourada.
O lince resolveu procurar uma nova família.
Andava triste. Já há muito tempo que procurava uma família. Mas nunca encontrou ninguém igual a ele.
Certo dia, estava a beber água no rio quando ouviu um barulho que lhe era familiar.
- Eu também faço este som – disse ele.
Atrás de uma grande pedra encontrou um lince como ele. Estava ferido numa pata.
- Olá! Tu és igual a mim! Já há muito tempo que ando à procura de uma família – disse o lince Tobias.
- Eu também. Agora já não estamos sozinhos. Temos a companhia um do outro – disse a lince Mancha-Longa.
- O que te aconteceu? – perguntou o lince Tobias.
- Um caçador atingiu-me na pata – disse a lince Mancha-Longa.
O lince Tobias ajudou a lince Mancha-Longa.
Passados uns tempos a pata da lince Mancha-Longa já estava boa.
Todas as noites eles corriam. Corriam. Corriam. Eles procuravam outros linces.

 

Espero que gostem desta história.

 

Verdinho

sinto-me:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Jogo

publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 13:41
link do post | comentar | favorito
Domingo, 23 de Novembro de 2008

O Piquenique

 

Ontem o Sol convidou-nos para fazer um piquenique no Jardim dos Sorrisos. Fui eu, o Cogumelo Pintas, a Sara e o Rui. No final da tarde apareceram as Natura Verdes com os seus lindos papagaios de papel.
A tarde foi muito divertida. Jogamos às adivinhas e, de mãos dadas, cantámos canções sobre o ambiente, corremos, sorrimos, brincámos.
Com a chegada do vento Tobias soltámos os nossos papagaios de papel, muitas cores e formas corriam no ar. 
O Jardim dos Sorrisos estava lindo, as flores, as árvores e os animais sorriam porque se sentiam muito felizes no seu habitat. Por vezes, o Jardim dos Sorrisos chora. Porque as pessoas deixam o lixo no chão, pisam e arrancam as plantas, fazem fogueiras que podem ser perigosas e destroem as casas dos animais.
Ontem o Jardim dos Sorrisos estava a sorrir. Não havia lixo no chão, nem flores pisadas, nem fogueiras. O esquilo Dudas saltava animado de pinheiro em pinheiro e roía as pinhas. O malmequer Trutas dançava ao som dos pássaros.
As formigas Pretas também apareceram no piquenique e levaram para os seus buracos na terra as migalhas abandonadas na toalha.
No final do piquenique deixámos tudo como tínhamos encontrado e colocámos o lixo nos ecopontos amarelo, verde e azul.
 
 
 
 Verdinho

 

sinto-me:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 18:35
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008

Jogo: A Serpente

 

Sabias que as serpentes, tal como as cobras, pertencem ao reino animal e à classe dos répteis. O seu corpo é delgado e coberto por escamas, a cabeça bem definida, com olhos grandes de pupila redonda. O seu modo de locomoção é a rastejar.

O seu habitat é essencialmente terrestre, embora ocasionalmente possam andar na água ou subir a árvores e arbustos. Preferem locais cultivados e próximos de habitações humanas… Agora já conheces melhor os familiares e amigos da Cobra Titi.
 
O maior factor de ameaça para as serpentes, as cobras e outros répteis são a alteração ou a destruição dos seus habitats naturais. Algumas espécies estão particularmente em risco de extinção.
Mas, ao contrário do que possas pensar, as serpentes e as cobras em conjunto com os outros répteis são muito importantes para o equilíbrio da natureza e dos habitats… Nem todas fazem maldades como a Cobra Titi.
 
O Verdinho sabe que nem todas as cobras e serpentes fazem mal à natureza como a Cobra Titi… Ele sabe que elas são essenciais para a natureza… E por isso ele quer que tu o ajudes a preservar as espécies de cobras, serpentes e outros répteis.
 
Por isso, vamos propor-te um jogo divertido para que tomes consciência e ajudes a preservar as espécies de répteis, entre eles a serpente. Uma brincadeira entre serpentes amigas.
 
Jogadores: 2 Equipas com o mesmo número de jogadores cada uma.
 
Jogo:Tu e os teus amiguinhos formam duas equipas que se dispõem em fila, agarrando-se uns aos outros pela cintura, formando cada equipa uma serpente.
Colocam-se frente a frente as duas serpentes e, à indicação do Formador, a criança da frente da tua equipa terá que tocar na última criança da outra equipa e vice-versa. Ganha a equipa que tocar em primeiro lugar no último jogador da outra serpente.
 
O jogo é composto por 3 partidas e o vencedor será a equipa que ganhar o maior número de partidas.
 
Verdinho

 

sinto-me:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 21:41
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Outubro de 2008

O JARDIM AZUL

O jardim Azul era um jardim muito bonito repleto de flores coloridas e brilhantes. As crianças iam, quase todos os dias, no fim da escola, brincar para o jardim. Com os seus rostos sorridentes e com bonecas e bolas lá iam animadas para o jardim. Mas, certo dia, as flores deixaram de ser brilhantes e coloridas e a Gota Alice já não vinha dormir nas suas pétalas douradas.

O jardim já não era tão bonito e as crianças estavam tristes, já nem sequer tinham vontade de brincar ou de rir. Aí decidiram ir à procura da Gota Alice. Depois de muito procurarem encontraram-na muito magra e perdida no fundo da terra.
Gritaram bem alto, para ela lá no fundo ouvir.
- Gota Alice porque já não regas as flores do jardim? Ajuda as flores elas já não se movem com o vento e também já não olham para o sol.
A Gota Alice respondeu:
- A água já não chega a todo lado. Têm de poupar água para eu poder regressar e alegrar as flores.
- Está bem.
As crianças correram e foram dizer a todos para pouparem água. Todos começaram a poupar água.
Passados uns dias a água voltou a cair sobre a terra e a gota Alice voltou a adormecer nas pétalas das flores. 
Algo de extraordinário aconteceu. As flores voltaram a ficar coloridas e brilhantes. E já se moviam com o vento e saboreavam os raios de sol.
Estavam novamente felizes. E com elas felizes as crianças voltaram a sorrir e a brincar no jardim.

 

Verdinho

sinto-me:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 14:01
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Outubro de 2008

Proteger a Natureza

As flores não conseguem…

O lixo apanhar

Por isso tens de as ajudar
E o lixo nos ecopontos colocar
 
Os peixes no mar
Pensam que o lixo é para os alimentar
E depois ai, ui, ai
Ficam no fundo do mar doentes
E já não brincam contentes
 
Um menino lançou uma fisgada
E deitou um ninho no chão
Agora o pássaro Tristão
Já não tem ovos para criação
 
O Pintassilgo já não se ouve
Está triste, sem piar
Agora já não pode ter filhotes
Para alimentar e criar

 

Verdinho

sinto-me:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 13:42
link do post | comentar | favorito